Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Palavras de Areia

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã.

Palavras de Areia

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã.

26.07.19

40 anos depois


Maresia

Se me visses agora,
Olhos nos olhos,
Se me sorrisses,
Certamente, correrias para os meus braços.
Que saudades eu tenho de ti!
E daqueles que então podias beijar.
Não segui a estrada dos teus sonhos,
Afinal, nem sempre encontrei campos verdejantes, nem pude visitar todos os castelos.
Deixei-me encantar pelas quedas de água, pelas arribas, corri a olhar o nosso céu estrelado...
E caí, caí muitas vezes. Levantei-me outras tantas.
Os nossos longos dias foram-se encurtando...fugiram-me entre os dedos.
Mas sonhei, sonhei sempre.
E escrevi, escrevi sempre...
(A mãe diz que tenho tudo escrito)
Sabes, contigo descobri que escrever é trazer os sonhos para a nossa realidade. É tocar-lhes de mansinho e sentir-lhes o cheiro.
E cantei e dancei, tal como naquele varandim do 3.°andar.
Se me visses agora, nem acreditarias, nem quando te visses nos olhos dos meus três seres mágicos.
Sim, a magia existe e eu sou feiticeira.
Só tens de acreditar...
Mas agora, tudo é mais sério, não sou a dona do nosso mundo, ele muda quando quer e dói quando me vai roubando ao coração.
Mas ainda tenho em mim a tua vontade de viver e de descobrir o mundo.
Quarenta anos passaram, já imaginaste??
Se me visses, estranharias as marcas do tempo e das quedas.
Dir-te-ia que fizesses diferente,
que nem todos descortinam a tua transparência,
que desses aquele abraço que eu não dei, que sorrisses sempre e dir-te-ia que o amor e os afetos são o maior tesouro deste mundo.
Parabéns a nós! Aos 40 💛

2019-07-22 17.57.56.jpg

 

24.07.19

Trago-vos em mim


Maresia

Guardadas em mim fechadas.
Flores secas nas páginas de um livro.
Perco-vos, a cor e o foco. Rostos esbatidos.
Sinto-vos no sorriso e no peito.

Fechadas em mim perdidas.
A vossa última morada de uma vida.
Comigo irão, para as estrelas. Eternas no vazio.
Escrevo-vos nas entrelinhas, em mim.

Perdidas em mim vividas.
Tijolos e argamassa do meu pulso e pensamento.
Sem vós, incompleta. Páginas em branco.
Puxo-vos da alma para a ponta das letras.

2019-07-24 08.29.03.jpg

 

18.07.19

3 anos de ternura


Maresia

Há 3 anos nascia a minha terceira criatura mágica. E aos 37 anos, 12 anos depois de ser mãe pela primeira vez, 5 anos depois da segunda, vieste tu... Amei-te, mais uma vez, como aos teus irmãos, incondicionalmente. 💛
(Pode o mundo girar contra mim, que por me ter sido permitido ser vossa mãe, serei sempre uma priveligiada.)
És um amor, uma reguilice de sorrisos. O ser dançante cá de casa, um tagarela de conversinhas maravilhosas, um mandão minorca, que não se deixa intimidar pelo gigante Francisco, nem pelo explosivo Guilherme. O "já fazi, já dizi e já comi,...", "o vá lá!", pedinchão de sempre mais um par de bolachas maria. A tua ternura é impulsionada a comida e a música, reages ferverosamente às duas. 😊
És um artista, um despachado, constantemente a dispensar ajuda para as tuas tarefas "Eu como, eu visto, eu calço, eu tiro, eu vou, eu tapo,...", mas sempre sem abdicar dos maiores abraços do mundo, de par para a dança e de beijinhos curativos para quedas e cabeçadas.
Vale a pena viver só para olhar para ti, ouvir o teu "Adôro-te!Adôro-te!Adôro-te!" e o teu "Mamã, quero ficar no teu abraço." 😍
E quando ralho contigo e digo que não também é amor. Nessas alturas, tu dás um nó orgulhoso na garganta e disparas contra mim um dedo em riste acompanhado de um "Ai!Ai!Ai!Ai!", mas um dia vais perceber que eu estou a ser tua amiga naquele momento e que por dentro estilhaço com a tua ternura e olhos de lágrimas presas.
E quando chegar o dia que consigas ler todas as minhas declarações de amor, espero que sintas, como eu todos os dias, o meu amor a transbordar por ti (e pelos os nossos dois guardiões, claro 😉).
Amo-te muito!
Parabéns!!! Vida longa ao Príncipe Henrique!!!
💙

IMG_20190724_123914_417.jpg

 

 

11.07.19

...


Maresia

Em ti, perco o tempo.
Perco a razão e o coração,
No teu imenso verde,
Na tua areia e mar azul.
Embrenho-me em ti.
Desfaço-me na tua paisagem.
Respiro fundo cada vez que te fito.
Ao alto, a serra com seus nobres e mouros,
Ao fundo, os teus penhascos altivos para o infinito azul.
As tuas praias desenhadas com sopro de paz.
E desejo ser a folha, a pedra, o grão de areia.

2019-07-11 20.03.36.jpg