Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

22.05.20

Amar é...

a dois...

Maresia
Amar é respirar o outro, Numa falta de ar, do cheiro. É encher o peito, respirar fundo. É impregnar o corpo e alma Da essência, dos sentidos. Amar é queimar um pouco, Num desejo do toque, da pele. É abraçar o fogo, derreter em mel. É fundir o corpo e alma Com o outro, num só. Amar é entrelaçar os dedos, Numa troca de vida, de magia. É entregar a chave, abrir a janela. É abrir de corpo e alma O teu eu, o teu tesouro. Amar é perder o medo, Num ato de coragem, devaneio. É (...)
24.04.20

Eco

Maresia
No quadro preto preto Rabisquei um sonho A giz branco branco. Na estrada vazia vazia Entoei uma canção Meu peito vibrou vibrou. Na noite escura escura Procurei a tua estrela Esperança de luz luz. Aos dias negros negros Juntei um sorrisso Cheio de amor amor. E de novo a força em mim Ecoou ecoou...  
13.04.20

Beijo

Dia Internacional do Beijo

Maresia
Aquele instante. Em que uma sinfonia toca, Em que tudo vibra, Pelo doce dos lábios, O laço das línguas, O quente das bocas, Na simbiose do beijo, O nosso. Aquele momento. Em que o desejo dispara, Em que tudo se acende, Pela paixão que invade, A revolução dos corpos, O toque da pele, Na última distância, Em que te tomo, Minha. Imagem: "O Beijo" de Gustav Klimt
04.04.20

Castelo

Torre d'Enganos

Maresia
Mais belo dos Castelos, que me impele a subir aos céus, por colinas e escarpas, que do seu alto seduz, bucólico e bélico... fortificado... vazio... Portal que me eleva ao topo, vislumbre da beleza que a vista alcança. Sopro da música que os ventos cantam... Muralhas seculares e nobres, que não mais serão conquistadas... poternas de engano, de entra e sai, que tristemente... jamais... guardarão vida na sua Torre.  
15.03.20

Naufrágio

Maresia
No mar navegam meus sonhos. Em dias de acalmia, Acham-se perdidos, a bolinar... Em dias revoltos, Sem rumo, sem leme, Enfrentam tempestades, Ondas gigantes, monstros marinhos... Mergulham, salgam-se, Flutuam ao calor do sol, Espantam-se à luz da lua. E seguem nas correntes, Nas torrentes de esperança. No mar navegam meus sonhos. Em crescendo, em silêncio... No naufrágio encontrarão a terra, Aí sim, erguer-se-ão...firmes Conquistarão o amor, Colonizarão a vida. E em mim serão (...)
21.02.20

Na colisão com as horas

Maresia
Na colisão com as horas, O tempo empurra mágoas, Apazigua saudades. Mas relembra a finitude, A corrida dos dias Apressados, varridos... Empurrões em frente, Que nos apagam chances A cada batida do coração. Do nada, Não te prendas, Senão à tua vontade. Não te enlaces, Senão ao teu amor próprio. Não te iludas, Senão com os teus sonhos. Não te percas. Senão no teu caminho. Respira a vida a cada segundo, Aproveita com amor cada minuto, Sorri e sê grata a todas as horas.  
25.01.20

Mãe, minha

Maresia
Na vida, vestida de Rosa, Que flor temerosa, De doce beleza. Partilhas as pétalas, Sacrificas as folhas. Segura em raízes de amor, És caule firme de mãe, Pólen mágico de avó, Fragrância leve e fresca. Mulher bondade, Moça bonita, Eterna criança. Mãe, minha.  
21.01.20

No meu caminho

Maresia
Entrei pelo nevoeiro, Acompanhei as ondas, Segui as nuvens... Pisei estrada, Pisei pedras, Pisei areia, Pisei gravilha Pisei folhas, Pisei lama, Pisei um mundo cheio. Carreguei o peso, Carreguei o medo, Carreguei a solidão, Carreguei a força, Carreguei o sonho, Carreguei a coragem, Carreguei o meu mundo inteiro. No meu caminho...  
07.01.20

Manifesto de Saudade

Maresia
Hoje farias 102 anos...imagina, lá!! E como já levamos 40 de amor, hoje, a tua reguila vai ousar tratar-te por tu. É um argumento carinhoso e tu dizias que eu tinha um argumento para tudo 😘 Foste mais que um amigo, mais que um avô, foste o meu querido Pai Manel, que na ausência do meu Pai João, me levou pela mão em longos passeios, me acarinhou, me ensinou a pedir desejos à estrela mais brilhante (que agora és tu, por certo) e me mostrou que o amor que damos genuinamente a (...)
30.12.19

Um Novo Ano de Felicidade

O meu Caminho

Maresia
Curiosamente, termino 2019 com a publicação do centésimo post das minhas Palavras de Areia... Cem textos... desabafos, declarações de amor, recriações, contos, poemas meus... aqueles que escolhi partilhar e dar de mim e que, um dia, ficarão para além da minha existência, para os meus, para quem os quiser acolher... No silêncio da escrita imprimo os gritos da alma, a agitação do peito, as músicas da vida. No silêncio da escrita, mergulho em mim, escuto os pensamentos em (...)
24.12.19

Ho!Ho!Ho! Feliz Natal!!!

Maresia
Já neva, o vento uiva baixinho, raios de sol rasgam o céu, por entre tufos de algodão. Entusiasmado, enfia as suas botas pretas, brilhantes de graxa, envolve-se no seu grande manto púrpura, não esquece o seu velho gorro de malha, tão seu como as suas longas barbas grisalhas, e apruma-se com o seu bem pesado saco de pele e cajado, a não largar nestes dias de manto branco, de tanto a fazer. E parte. A respiração não tarda em ficar ofegante e as pernas refilam perante o seu peso (...)
20.12.19

Guardado em mim

Maresia
Deixaste-me olhar-te, Beber as tuas palavras, Comer os teus beijos, Emanar o teu cheiro. Percorrer-te o pensamento Saber-te por perto. Saciaste-me... Saciei-te... No fim da estrada, Fica a sede, Fica a fome, Fica o sorriso, A doce lembrança, Que te vi adentro. Guardaste-me... Guardei-te...  
12.12.19

Da minha gaiola

Maresia
Sentada à minha janela, De olhos postos lá fora, Perco-me no verdejar, Ouvindo tanto piar. Vendo as danças de esvoaçar, Estou certa que eu é que vim morar Para a bela casa destes cantares. E eu, nesta gaiola, Vejo o Senhor Melro saltitar, No relvado a manobrar, As ervas a debicar. Voos rasantes até ao ninho, Para ir dar o beijinho A quem no bico espera amor.