Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Palavras de Areia

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã.

Palavras de Areia

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã.

27.08.18

(Estou) Fora de Jogo


Maresia

Deixa a bola rolar,
O teu clube jogar,
O jogo explodir.
Mas deixa-me fora disso.

Não entendo esse amor,
Tão pouco essa fúria.
São as faltas, são os frangos,
Tanto contestação e paixão.
Tanto pulo e frustração.
Tanto Sr. Árbitro, o ladrão.

Deixa que as águias se depenem,
Que os leões rujam,
Que os dragões queimem tudo.
Mas deixa-me fora disso.

Não entendo isso tudo,
Tão cheio de nadas.
São os melhores, são os piores.
Tanta emoção e desilusão.
Tanto rescaldo e resumo.
Tanta repetição e (des)entendimento.

Refila, braceja, afere,
Goza, chora, implora.
Levanta-te, senta-te.
Mas deixa-me fora disso. 

Bom jogo! 😉

561571.png