Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Palavras de Areia

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã.

Palavras de Areia

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã.

25.01.20

Mãe, minha

Maresia
Na vida, vestida de Rosa, Que flor temerosa, De doce beleza. Partilhas as pétalas, Sacrificas as folhas. Segura em raízes de amor, És caule firme de mãe, Pólen mágico de avó, Fragrância leve e fresca. Mulher bondade, Moça bonita, Eterna criança. Mãe, minha.  
07.01.20

Manifesto de Saudade

Maresia
Hoje farias 102 anos...imagina, lá!! E como já levamos 40 de amor, hoje, a tua reguila vai ousar tratar-te por tu. É um argumento carinhoso e tu dizias que eu tinha um argumento para tudo 😘 Foste mais que um amigo, mais que um avô, foste o meu querido Pai Manel, que na ausência do meu Pai João, me levou pela mão em longos passeios, me acarinhou, me ensinou a pedir desejos à estrela mais brilhante (que agora és tu, por certo) e me mostrou que o amor que damos genuinamente a (...)
21.11.19

Equação de 40.°

Parabéns!

Maresia
Chegaste! Já estava à tua espera nesta paragem dos 40. ⏳ O que se passou até aqui, o que vivemos, aquilo a que sobrevivemos, desde crianças, não mais voltará. Não mais correremos nos corredores da Marquesa, não mais abancaremos nas pulgas, não mais seremos os adolescentes, não mais beberemos aqueles copos, não mais beijaremos aqueles amores, não mais desafiaremos o perigo. Não mais serás o puto da bola, o futebolista do Estoril, o estudante universitário, o novato da (...)
18.11.19

Pela mão da minha Mãe

Viagem no tempo à Aldeia

Maresia
Hoje, a minha mãe levou-me pela mão a passear na sua aldeia natal da Trindade, em Beja. Corriam os finais dos anos 50...por aí... Percorremos as ruas, espreitámos postigos e relembrámos rostos da sua infância. Na Travessa dos Mestres, visitámos a Avó Helena, que estava a fazer alguidares de massa e a fritar filhoses, já o Avô Helena bracejava de forma ágil no seu ofício e dizia à minha mãe, que de tanto o ver fazer, qualquer dia também ela faria sapatos. Na oficina da (...)
29.08.19

Lado a lado

Maresia
Um ano, dez meses e vinte e sete dias nos separam. Certamente, não te recordarás da tua vida sem mim. Infância a nossa, de verdadeira irmandade, cumplicidade e de seguir em frente de mãos dadas. Mais para meu amparo e doutrina. Através dos teus olhos descobria o mundo e seguia os teus passos como lapa curiosa, chata e desvairada. Desculpa a tormenta perante as vontades e desaires desta irmã mais nova. Crescíamos num mundo só nosso, lado a lado. Diziam-nos gémeas, mais pela (...)
24.08.19

Vamos à aldeia.

Maresia
Recordo a música do empedrado, o desfile das brancas caiadas, o ladrar dos cães, os anciãos nas escadas de Deus e, por fim, aquelas vozes melodiosas de boas vindas. Era assim, o regresso à pequena aldeia. Aldeia de ecos, de crianças livres, mulheres de negro e homens camuflados. Raízes que me prendiam ali, distantes do meu mundo que ficara bem lá para trás, no fundo da longa estrada. Universo paralelo da minha infância, onde descobria os avós, os tios, os primos. Onde a minha (...)
19.03.19

Saudades, pais!

Maresia
Os pais, tive dois. Tive colo e abraços, mas não houve tempo para mais amassos. Nem mais beijos e laços, nem para birras e brigas, nem para que vos diga: - Gosto de ti, pai! Dos dois, sem intriga.   De vós guardo o sorriso, a figura de gigantes, de quem era menina. Que vos via, heróis de valentia, levada na vossa guarida de carinho e de mestria.
21.11.18

Infinitamente

Maresia
Nasci pássaro para voar, Com os olhos nas nuvens. Tu, nasceste lobo, Sempre sobrevivendo, atento. Pulámos fogueiras diferentes, Seguimos por rios distintos. Razão e coração. Dia e noite que se tocam ao pôr do sol. Entrelaçados em queda livre. Não poderia ser diferente. Eu voo e tu és a força que me segura. O nosso mundo é infinito… que o seja de amor. Parabéns! Muitos anos de amor!
30.08.18

Hoje um Super-Miúdo faz anos

Maresia
Parabéns, meu amor!!! (E este ano já és tu que lês...emoção, não é?!) És pura luz e encanto. (Ou seja, és lindo 😍). Obrigada pelos teus abraços maravilhosos, pela tua gargalhada, pela tua faísca. És um reguila maravilhoso, mas agora com uns incríveis 7 anos, tens de ter mais calma e diminuir as cenas de ação. Pensei mesmo em dar-te de presente um kit de primeiros socorros e carteirinhas de chá de camomila. (Verdade!) Estás um crescido e para mostrares que assim é, (...)
28.08.18

Parabéns, mana!!!

Maresia
Querias uma mana para brincares, quando todos queriam um rapaz para a família. Gosto de pensar que pediste com "muita força" e que o teu desejo se tornou realidade. E eu cheguei, mas não foi só para brincarmos juntas... fui chata até à última casa. Desculpa, penúltima. Pois quando eu percebia que estava quase na hora hora de acabar a brincadeira, dizia-me farta e tu tinhas de arrumar a "cangalhada" toda (nome engraçado este, com o qual os adultos apelidavam os nossos brinquedos). (...)
15.05.18

Família

Maresia
Família! A família é a minha raíz, aquela que me gerou, que me deu a mão para me ensinar a caminhar sozinha. Os de sangue são impressões digitais na minha vida, na minha alma. Aqueles que caminharam ao meu lado e me encheram o coração de amor e a cara de sorrisos. Hoje, a vida rouba-nos o nosso tempo juntos. Talvez por isso, na infância tenhamos vivido tão intensamente. Sabendo que um dia...todo o tempo do mundo iria findar. Hoje, damos a mão às nossas crianças, aos nossos (...)