Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

01.04.21

A festa

Maresia
Brotaram flores do meu coração, Faíscaram em meus olhos As luzes, as cores, as paixões. Trespassaram-me os encantamentos Das fadas, de mãos em roda, Rodopiando comigo em palco de flores, De folhas, quebrando sonoras, descalças O piso seco magistral do caminho, Que tomara como onírico rumo De festa, de quem vestiu de gala A gratidão de viver os dias, Que a vida oferece sorrindo, servidos Em copo de barro, cravado a pedrinhas, A conchas, a brilhantes d'agua da chuva Pura, (...)
14.01.21

A minha Epopeia

Caminho de Santiago

Maresia
O Caminho de Santiago foi para mim uma experiência inigualável, uma epopeia de vida. E, tal como a de Camões, foi dotada de grandeza, solenidade e heroísmo. E nela cantei os meus 40 anos de vida e os Homens e Mulheres ilustres que a preencheram de afeto e ensinamentos. A minha Proposição, uma vivência única, um teste psicológico e de superação física, alcançada no momento que vislumbrei a Praza do Obradoiro e percorri aquele tapete de pedras a olhar a monumentalidade da (...)
27.09.20

Quem sou eu

Poema de Francisco Vaz

Maresia
Nasci, Fui criança! Cresci, Sou adulto Cheio de esperança. Sou mistura... Mistura variada! Sou qualquer coisa, Qualquer coisa parecida Com um pouco de nada. Sou matéria... Pertenço à Natureza! Sou ilusão vivendo na incerteza, Se vim do Nada, Sou nada com certeza! Francisco Vaz  Neste domingo de sol e ventoso de esperança, partilho convosco um poema de um Amigo, Francisco Vaz, "Quem sou eu", a quem peço, desde já, desculpa pela ousadia, mas a quem agradeço desta forma as (...)
27.08.20

Histórias de Mulheres, da editora Cordel D'Prata

Mãe, minha & És tu...Mulher

Maresia
Já disponível para venda, no site da editora e na Feira do Livro de Lisboa, a coletânea "Histórias de Mulheres" da editora Cordel D' Prata, na qual estão presentes dois textos especiais. Um escrito por mim para a mulher da minha vida "Mãe, minha" e outro que me foi dedicado "És tu...Mulher". 🌸📖💗 http://www.palavrasdeareia.pt/mae-minha-27624 https://soueu79.blogs.sapo.pt/es-tu-mulher-2256 https://cordeldeprata.pt/livraria/ (...)
16.08.20

Declaração d' Amor de Mãe

Quando vos acolhi nos meus braços e no meu peito para sempre... memórias.

Maresia
Os meus três tesouros...com um mesinho de vida...dias tão mágicos, dos quais recordo como me sentia a cada momento mais apaixonada por aqueles seres humanos tão frágeis, doces e tão meus...tão grata e feliz! O meu coração guarda na memória as horas em que ficava embevecida a olhar-vos, em que vos embalava cantando melodias que criava só para vós e tão nossas. Não mais voltarei a ser mãe, não mais caberão nos meus braços e viajarão balbuciando até ao mundo dos sonhos, de (...)
26.07.20

Obrigado, Avós!

Maresia
Nas rugas dos avós vivem histórias e aventuras, amores e lutas, dias e dias de Vida que vale a pena abraçarmos e escutarmos com o nosso sorriso, o nosso beijo, o nosso carinho, a nossa gratidão. Avós, obrigado por nos terem trazido até aqui. Que estejamos aqui para vós até ao fim. E aos Avós da minha vida, que me trouxeram a mim de mão dada a este mundo nosso, aos que hoje levam os meus filhos pela mão para que o seu caminho seja o mais feliz possível, o meu Muito Obrigada!