Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Palavras de Areia

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã.

Palavras de Areia

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã.

02.12.19

Em mim

Maresia
Sou infinitude. Não me descortino o fim, perco-me em mim, num templo de sonhos, pensamentos, criações arreadas. Abstraio-me do mundo. No meu não há tempo, nem horas, nem mortes. Há dias que sou medieval, de vestido, couro e escaramuça, criança levada pela mão do avô, ou abraço da semana findada reinventado. Noutros, recrio beijos para darmos amanhã, alinhavo viagens, percorro as estradas que me esperam, morro nos meus braços. Que ventos me percorrem a toda a hora... Instant (...)
18.10.19

Enraizado

in Somos Mais do que Histórias - Desabafos de Amor, Cordel d´Prata

Maresia
Olhei-te sem te ver. Senti-te em mim. O teu esboço gravou-se na minha tela, Que espreito e me espreita aqui e ali. És árvore que abracei, na qual me sento. Respiro, gozo a sombra e a luz, Mas que não ouso subir, com receio, Do deslumbre da tua copa, do mundo que vislumbras no topo. Desejo percorrer-me em ti, Ser raiz que te prende em mim, Mas não ouso. Assim, vou aperfeiçoando o teu retrato, Enamorando-me pelos teus traços, Criando momentos imaginados, Em que te percorro, te cheiro. (...)
13.10.19

Quando o coração dispara...

Maresia
Recebeste-me nos teus braços, Nos teu barco, nas tuas marés. Ondulámos ao ritmo da pulsação... Entrelaçados numa dança, Acelarámos ao bater do coração... Mão na mão, Pele na pele, Boca na boca, Olho no olho, Alma na alma... Atracámos juntos, seguros, Exaustos, felizes. Sorrimos. Sorriste-me, sorri-te. E sorriremos sempre... À memória daquela viagem. Arrepiados, estremecidos. Pelo bom, pela saudade, Para sempre...
11.10.19

Acreditar

Sempre

Maresia
Quero acreditar que na falta do teu beijo, Sempre arranjas maneira de me fazer sorrir. Quero acreditar que na falta do teu abraço, Sempre arranjas maneira de me iluminar no escuro. Quero acreditar que na falta de me agarrares a mão, Sempre arranjas maneira de me salvar da queda. Quero acreditar que na falta da tua força, Sempre arranjas maneira de me dar coragem. Queremos acreditar que sim.  
30.09.19

Porque não me entendes...

in Somos Mais do que Histórias - Desabafos de Amor, Cordel d'Prata

Maresia
De mim arranquei o melhor, Renascido da lama onde afundei, Para te dar, partilhar, sentir. Mas tu não me vês, não me alcanças. Como perdida no nevoeiro. Não me escutas, não me entendes. Como gritos abafados no caos, Somos decibéis dissonantes. Universos paralelos, Que se encontram ao pôr do sol, Para logo se perderem de si... De ti.  Sou o que sou. Sem filtros, sem máscaras, sem dó. Digo o que sinto, o que penso, o que vejo. Sou um rio de águas límpidas, Que corre pelo leito (...)
14.08.19

...

Maresia
No mar salgo a alma, Travo que me beija a boca, Me respira na pele, Me lava impura, me quebra. Na areia descanso, Corpo e pensamentos desnudos. Deixo a brisa levar uns tantos. Inspiro o alento e a paz. Fito o céu de infinito azul, Ofusca-me o sol, Deixo que me aqueça os poros, Me derreta o tino, E me deixe primitiva, estar.      
27.08.18

(Estou) Fora de Jogo

Maresia
Deixa a bola rolar, O teu clube jogar, O jogo explodir. Mas deixa-me fora disso. Não entendo esse amor, Tão pouco essa fúria. São as faltas, são os frangos, Tanto contestação e paixão. Tanto pulo e frustração. Tanto Sr. Árbitro, o ladrão. Deixa que as águias se depenem, Que os leões rujam, Que os dragões queimem tudo. Mas deixa-me fora disso. Não entendo isso tudo, Tão cheio de nadas. São os melhores, são os piores. Tanta emoção e desilusão. Tanto rescaldo e resumo. (...)