Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Palavras de Areia

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã.

Palavras de Areia

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã.

14.02.19

Sem Valentim

Maresia
Amaram-se sem perceber. Na indiferença, No olhar por trocar,  Nas palavras vagas. Já se traziam de outras vidas. Encontravam-se sem perceber. No pôr do sol,  No luar, Nos pensamentos. Olhavam o mesmo céu estrelado...  Perderam-se sem perceber.  Nos medos, Nas luzes artificiais,  Noutros amores. Soubessem eles a verdade.  E morreriam no beijo,  Se queimariam na pele, Entregariam as almas.
13.09.18

Regresso à escola

Os tesouros para lá do portão

Maresia
É altura de regressar à escola. Passar o portão e regressar às conversas com os amigos, às salas e ao arrastar das cadeiras, à escuta e à escrita. Ter a mochila como parceira inseparável e sentir o (imenso) peso dos livros e da responsabilidade (pelo menos, assim se espera). E aí vou eu, de sorriso rasgado, look pensado, com o peito cheio de ar e o coração cheio de expectativas. Ai, mãe! Cá vamos de novo! Que aventuras me esperam, que dramas me farão insónia, que decepções (...)